Como tirar boas fotografias para o Instagram

Como tirar boas fotografias para o Instagram
Conteúdo em imagem é cada vez mais valorizado e por isso hoje famos falar de alguns aspectos sobre como tirar boas fotografias para o Instagram.
De dicas gerais já a internet está cheia mas a verdade é que existem alguns aspectos que são fundamentais para conseguirmos levar a nossa conta ao nível seguinte. Hoje vou falar-vos dos três temas com que me tenho debatido ultimamente.

Luz

Uma boa iluminação poupa-vos 90% do trabalho de edição e garante-vos a qualidade exigida nos dias de hoje. Já ninguém vê imagens com má qualidade tanto que este é um dos aspectos principais para se comprar um smartphone.
Sempre que possível fotografa no exterior e foge das horas em que existe mais exposição solar (as conhecidas horas de maior calor). De manhã ou ao fim da tarde costumam ser as melhores horas para se fotografar. Em dias de céu nublado conseguem-se luzes difundidas que criam efeitos muito giros.
Se não tiveres outra solução senão fotografar em interior tenta fotografar em frente de uma janela que esteja virada a Sul. Deste modo consegues evitar sombras e consegues uma exposição por igual em toda a fotografia.
Se, como eu, não tens nenhuma janela virada a Sul e raramente consegues tirar fotografias no exterior então é necessário adquirir algum equipamento que te auxilie. Softboxes, ringlights e outros acessórios podem ajudar-te a conseguir resultados de estúdios de fotografia.

Fundos

Como tirar boas fotografias para o Instagram
Para quem tira bastantes flatlays ou fotografias em paredes sabe a importância de um bom fundo.
Aproveita as superfícies, pavimentos e paredes que tens em casa ou perto de ti. Existem locais públicos com paredes bem giras para fotografias e bancadas de mesas que tornam qualquer flatlay em algo fantástico.
Por vezes essas superfícies estão feias e desgastadas com o uso diário e nem sempre existe uma parede fantástica por perto. Para essas situações podes comprar fundos como papeis de parede, pavimentos, cartolinas e outros materiais que te auxíliem. Eu estou a considerar investir nestes para conseguir ter uma estética semelhante nas nas minhas fotografias e melhorar flatlays como este.
Podes procurar em lojas de bricolage ou em lojas de fotografia como a ShopBackdrop que é uma loja específica de fundos para fotografias. Nela encontras fundos simples, estampados, de pavimentos, de paredes, de materiais e texturas (coleção abstract and texture backdrop, a mais gira), etc. A sua coleção mais famosa é a muslim e a old master backdrop com fundos utilizados em fotografias de retratos.
Podes também pesquisar por papeis de parede ou criar em lojas de impressão padrões no suporte que desejas.

Edição

Já todos sabemos a importância de uma boa edição mas conseguir essa edição por vezes é difícil.
Livra-te dos editores de telemóvel e investe nos programas da adobe. Fotografa sempre que possível em formato RAW para que tenhas uma maior liberdade e qualidade na edição.
Aprende a usar o Photoshop e o Lightroom. Embora o Photoshop seja excelente para uma edição manual, manipulação de imagem, aplicações de efeitos e mais, o Lightroom permite-te edições rápidas e mais intuítivas. Para além disso podes criar os teus presets para teres o efeito que desejares.
Os presets são básicamente um filtro que depois de criado basta carregar nele para aplicar na fotografia que desejas. Depois basta fazeres os ajustes comuns para que fique acente perfeitamente na fotografia.
Também podes descarregar ou comprar presets feitos por outras pessoas que se instalam muito facilmente.
Eu estou de momento a utilizar um preset que torna as minhas imagens mais claras e azuladas. No entanto, quase todas as bloggers estão a utilizar presets que realçam os tons de terra e azuis.

Gostaste deste post? Partilha-o!

Como tirar boas fotografias para o Instagram

Blogging | Como Fazer Um Blog Detox

Blogging

Este post surgiu na sequência do último, ‘quando o blog começa a consumir a tua vida’, onde após ter parado um pouco para respirar começei a pensar no que fazer quando precisasse de parar novamente sem deixar o blog ao abandono.
Com o dia-a-dia, trabalho e problemas por vezes precisamos de parar e ter tempo para descansar e por isso hoje vou escrever o meu primeiro tema sobre blogging, como fazer um Blog Detox.
Todos sabemos que uma boa gestão de tempo e trabalho é crucial para o nosso equilíbrio e para termos tempo para tudo o que precisamos. Na verdade, é o segredo para quase tudo e para uma boa gestão é necessário haver um plano. Por isso mesmo o primeiro passo é planear.

Planear um Blog Detox

1 – Defenir a duração

A duração deve ser a primeira coisa a definir, são dias, semanas, meses? Em que dia começa e em que dia acaba? É a duração que vai definir quando tens que por este plano em ação, uma semana talvez só precise de uma/duas semanas  antes de planeamento, um mês talvez já requeira começar a planear tudo com muito mais antecedência uma vez que vais ter que preparar este conteúdo ao mesmo tempo que o atual.

2 – Definir o conteúdo que será lançado durante o Blog Detox

Agarra num calendário/agenda ou o que te der mais jeito e começa a defenir em que dias vão sair publicações. Depois de teres os dias definidos, define o que vão ser essas publicações, escreve no dia respectivo o título da publicação para não te perderes. Tem em atenção publicações patrocinadas e de parcerias uma vez que tens que cumprir o que quer que tenhas acordado com o patrocinador/parceiro.
Vais mandar newsletters? Marca também no calendário quando as vais enviar e sobre o que serão. 
Uma vez que todo o conteúdo a lançar está definido podes agora ver quando precisas de começar a trabalhar e planear o teu calendário de modo a que nada falhe. Pessoalmente trabalho por tarefas que vou intercalando com as tarefas das publicações atuais mas podes ir trabalhando por publicação.

3 – Prepara as publicações

Aqui eu sugiro que funciones por listas. Se trabalhas por publicação basta que vás escrevendo os títulos de cada uma por ordem e vás riscando conforme cada uma estiver pronta. Mas se funcionas por tarefas como eu, então sugiro que tenhas um papel/folha por publicação onde detalhas tudo o que tens que fazer.
Eu costumo estruturar da seguinte forma:

Título do post
– Fotografar (o que quer que seja que precisem para a publicação)
– Edição de imagem
– Testar (caso seja uma review) e ir anotando a experiência
– Formulários de passatempo (caso seja um sorteio)
– Escrever texto
– Revisão
– Agendar

Dependendo do que tenham que testar e o tempo que precisam, podem e devem alterar a ordem de prioridade dos posts que vão fazer. Um produto que precise de um mês para testar deve ser começado mais cedo que um produto de maquilhagem que basta aplicar durante uns dias para formar opinião. 
Como funciono por tarefas começo por fotografar e editar as imagens de que preciso, algo que intercalamos bem com outras fotografias e edições de posts que estejamos a fazer para o momento. Aconselho a fazerem a edição antes de testarem o produto uma vez que podemos perceber que precisamos de mais fotografias ou que precisamos de fotografias diferentes e depois de o começarmos a utilizar isso pode já não ser possível. 

4 – Redes sociais

Hoje em dia é quase impossível desconectarmo-nos das redes sociais ou não fosse nelas que mantemos muitas vezes o contacto com os nossos amigos. No entanto, de modo a que estas não sejam uma obrigação também podemos definir e agendar publicações. No facebook, e algumas outras redes, é possível fazer agendamento de publicações e dessa forma podem tratar da divulgação dos vossos posts de maneira automática sem terem que públicar no próprio dia.
Existem plataformas que fazem esse agendamento em mais que uma rede, como o Swonkie onde conseguem agendar publicações no Instagram. No Swonkie conseguem conectar três redes no plano gratuíto e agendar 20 publicações por mês.
Como estamos quase sempre presentes no Instagram, caso esta seja uma plataforma onde não queres fazer detox podes planear alguns minutos por dia para acederes e postar na mesma.

5 – Newsletters

Se planeias em mandar alguma newsletter para os teus leitores não precisas de o escrever no próprio dia. A maioria das plataformas têm agendamento e automatização de emails e podes assim criar o teu email, ou vários, e agendá-los para os dias que queres que sejam enviados. Envia um email de teste para ti próprio antes de finalizares para teres a certeza que tudo está como pretendes.

6 – Emails

Nós bloggers recebemos dezenas de emails por dia e a verdade é que se estivessemos sempre a verificar o email ou a responder emails assim que os recebemos passavamos o dia nisto. Nada de mal vos acontece se não responderem no segundo a seguir, aliás acho que ninguém o espera que o façamos, se fosse algo para ser discutido no momento então seria feito através de telefone, por isso define um ou dois dias por semana para veres e responderes aos emails (e claro, não passes o dia todo nisto, define um tempo limite).
No entanto pode existir sempre um email mais urgente que possa aparecer por isso aconselho a que no final do dia, ou no inicio, abras a tua caixa de email e dês uma vista de olhos para ver se tens algo que precisa de resposta rápida. Se sim, responde de imediato ou no fim/inicio do dia que se siga com calma. Se nada for urgente deixa os que tiveres para responderes para as alturas que definiste.

7 – Comentários

Algo muito importante que todos os bloggers deviam fazer é responder aos comentários que recebem. Nem sempre o conseguimos fazer de imediato e se estivermos numa pausa do blog a última coisa que queremos é estar sempre a ver se alguém comentou para responder de imediato. Eu costumo responder aos comentários quando tenho uma publicação nova, é uma maneira de me organizar e “fechar” o post anterior antes de partir para a divulgação do novo. 
No entanto, durante um blog detox as publicações estão agendadas bem como a divulgação e por isso aconselho a que tires alguns minutos por semana para responder aos teus comentários, seja no blog como nas redes sociais. Podes tirar uns minutos por dia ou escolher alguns dias por semana para o fazer. 

8 – O que fazer durante o blog detox?

Nada. Isto é, nada que não queiras fazer. É tempo para ti, para estares com os teus, para passeares, etc. Faz uma massagem, marca um dia no spa, faz uma escapadinha (que quem sabe não se torna em conteúdo para o blog), vai à praia, lê um livro, sê feliz.
Mas reduz ao máximo todo o trabalho que o blog te obriga durante o dia de modo a chegares a casa depois do trabalho e teres tempo verdadeiramente para ti, os fins de semana são para aproveitar e não para trabalhar.

O que achas destes temas sobre blogging? Gostavas de ver mais posts destes por aqui ou achas que já é um tema muito saturado? Diz-me o que achas nos comentários.