O Que São Produtos Não Comedogénicos E Porque São Importantes Para Peles Oleosas?

Tenho a certeza que já leste este termo pela internet e até já o deves ter visto em alguns rótulos de produtos. Mas o que significa ser um produto não comedogénico?

E porquê que está frequentemente relacionado com tipos de peles mistas a oleosas? É algo que não preciso de ter atenção se o meu tipo de pele for seca?

O que significa ser um produto não comedogénico?

Quando um produto é comedogénico significa que cria poros obstruídos. E pelo contrário, quando um produto é não comedogénico significa que não causa poros obstruídos.

Estou a referir-me tanto a produtos formulados como a ingredientes no seu estado puro. E embora ingredientes comedogénicos possam estar em produtos não comedogénicos, como vou explicar melhor em baixo, é importante saber fazer essa diferença.

Embora nenhum produto seja formulado com a intenção de obstruir poros, algumas fórmulas têm mais tendência a que isso aconteça que outras.

Os poros obstruídos levam ao aparecimento de acne, nas suas várias formas. Tanto podem causar borbulhas bem visíveis como pontos negros, com ou sem inflamação, e para além disso podem causar um aumento do tamanho de poros. Vê aqui 9 erros que te estão a causar poros maiores.


Aumento dos poros no rosto - yellow rain

Como saber a comedogenicidade de um produto?

O termo não comedogénico já começa a aparecer em rótulos e/ou em embalagens de vários produtos. Mas quando o mesmo não está presente, como saber se o produto é ou não comedogénico?

Existem escalas de comedogenicidade criadas por artigos académicos ou jornais na área da dermatologia que avaliam a comedogenicidade de um produto entre 0 e 5.

  • 0 significa não comedogénico;
  • 1 significa ligeiramente comedogénico;
  • 2 a 3 significa comedogénico;
  • 4 a 5 siginifica extremamente comedogénico.

E embora esta escala acabe por servir mais como um guia, é um bom ponto de partida para saber se algo é ou não comedogénico. Podes ver aqui uma lista de produtos segundo esta escala.

É possivel alterar a comedogenicidade de um ingrediente?

Sim, é. Através de diluição e/ou combinação de vários ingredientes a comedogenecidade de um produto pode baixar ou subir.

Por exemplo, o óleo de coco é bastante comedogénico estando avaliado numa escala de 4. No entanto, existem vários produtos formulados com óleo de coco presente que não causam poros obstruídos à maioria das pessoas. Lê também Óleo de coco para a pele – Bom ou mito?

Não posso afirmar a 100% que não cause nada uma vez cada pele é uma pele e duas pessoas com pele oleosa podem ter duas experiências muito diferentes com o mesmo produto. No entanto, as chances de ficar com poros obstruídos são muito maiores se utilizares óleo de coco no seu estado puro.

O mesmo acontece com outros ingredientes, como o óleo de moringa, onde um produto formulado é preferível para a aplicação no rosto.

Ainda assim, se a tua pele fica com poros obstruídos com muita facilidade e não vês qualquer menção sobre a comedogenicidade na embalagem mas sabes que contém ingredientes comedogénicos, testa sempre o produto numa zona do teu rosto antes de colocares no rosto inteiro. Se após algumas utilizações não vires qualquer reação negativa, é seguro continuar.


Quem deve procurar um produto não comedogénico?

Este tema costuma andar de mãos dadas com o tipo de pele oleosa. Isto porque as peles oleosas têm uma grande tendência a ficar com poros obstruídos e a desenvolver acne.

Mas isto não significa que se tiveres uma pele seca tens um “livre passe” com produtos comedogénicos. Aqui mais importante que o tipo de pele é saber se tem ou não facilidade em ficar com poros obstruídos.

Claro que uma pele seca é diferente de uma pele oleosa, e as peles mistas encontram-se na fronteira de quase todos os assuntos. Mas tal como duas peles oleosas podem ter experiências diferentes com o mesmo produto, o mesmo pode acontecer em peles secas.

Por exemplo, existem peles secas que aguentam a aplicação de óleo de coco, no seu estado puro, no rosto sem ver qualquer consequência. Mas também existem peles secas que não aguentam e ao fim de algum tempo acabam por desenvolver poros obstruídos e ver uma ou outra borbulha a aparecer.

Por norma, se tens pele mista a oleosa estes são produtos/ingredientes que queres manter longe da tua rotina e da tua pele. Se não tens pele mista a oleosa mas a tua pele também não tolera produtos comedogénicos, então também tens de ter atenção a este assunto.

Pessoalmente, tendo pele mista a oleosa e sendo que não quero aumentar os poros na zona das bochechas, tenho sempre muita atenção em escolher produtos para a minha rotina de pele. Mesmo quando quero experimentar um novo produto, primeiro asseguro-me de que é adequado para mim e apenas depois avanço com a compra.


Guarda esta publicação no Pinterest para a voltares a ler mais tarde

o que é um produto não comedogénico?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.