Porque devo usar protetor solar o ano inteiro?

As férias de verão já acabaram e se pensas que com isso podes arrumar o teu protetor solar na casa de banho, estás enganada. Sabias que deves utilizar o protetor solar o ano inteiro?

Todas as pessoas, homens, mulheres e crianças a cima dos 6 meses de idade devem usar protetor solar. E quando digo que devem usar estou a referir-me durante todo o ano. Independentemente da cor da pele uma vez que o facto de não apanharem queimaduras solares não significa que o sol não está a danificar a pele a longo prazo.

Mas se no resto do ano não estamos expostos diretamente ao sol como durante as férias, é mesmo necessário por protetor solar todos os dias?

Porque deves usar protetor solar o ano inteiro?

A resposta é sim! É essencial usar protetor solar todos os dias porque todos os dias estamos expostos aos raios UV. Mais especificamente aos raios UVA e UVB.

Top Preto | Camisa vestido estampada

O que são raios UVA e UVB?

Os raios UVB são raios ultravioleta de alta energia que penetram a superficie da pele (epiderme) irritando-a causando vermelhidão, inchaços e queimaduras solares. São também responsáveis por alguns problemas de pigmentação da pele como sardas, manchas de idade, entre outras.

Os raios UVA penetram mais perfundamente a nossa pele que os UVB e afetam o ADN das nossas células da epiderme. Os UVA causam rugas, linhas de expressão, pele sem firmeza devido à destruição de colagénio e são os responsáveis pelo desenvolvimento do cancro da pele.

Estes raios estão presentes durante todo o ano sendo que estamos expostos no inverno praticamente da mesma forma que estamos durante o verão.

Eles também são responsáveis pelo bronzeamento da pele e é por isso que se encontram em solários em quantidades mais altas que a radiação solar (motivo esse os solários estarem muito ligados ao cancro da pele). São os raios que causam mais danos a longo prazo.

Ou seja, os UVB causam as queimaduras solares e os UVA envelhecimento da pele e cancro.

Quanto tempo posso estar exposto ao sol sem haver consequências?

Vários estudos e médicos afirmam que é seguro estar exposto ao sol sem proteção durante um periodo máximo de 20 minutos uma vez que precisamos de absorver vitamina D.

No entanto, outros médicos e estudos afirmam que não existe um mínimo de tempo seguro para se estar exposto aos raios solares, uma vez que qualquer penetração na pele de raios ultravioleta pode causar danos.

É uma questão que causa um pouco de controvérsia e há quem afirme que nesta questão é necessário ter em peso dois factores: a tua cor de pele/tipo de pele e o UV Index (que pode ser consultado para cada dia em sites meteorologicos como o IPMA). No entanto, este método apenas se refere às queimaduras solares e maioritáriamente aos raios UVB.

O que é o UV Index?

O UV index é um indíce que quantifica a capacidade dos raios ultravioletas causarem queimaduras na pele.

Este indíce varia numa escala entre 1 e 11. Quanto mais alto o número maior o perigo durante a exposição solar. Entre 1 e 2 é bastante baixo mas de 8 para cima já é bastante alto e 10 e 11 é basicamente estar a “grelhar” ao sol.

Os UV mais altos tendem a acontecer durante as “horas críticas” (das 11h às 13h), sendo que entre as 9h e as 16h são as horas onde estes começam a aumentar considerávelmente e depois a baixar, respetivamente.

Escala Fitzpatrick

Escala fitzpatrick

A escala Fitzpatrick indica de forma apróximada quanto tempo leva um tipo de pele/cor de pele a ser afetada pelos raios UV.

Por exemplo, se tiveres pele muito clara é entre 5 a 10min, se tiveres pele de tom médio é cerca de 15 min. e se tiveres pele negra é cerca de 20 min. Quanto mais escura for a pele, também mais tempo consegue estar ao sol sem ficar queimada.

O que significa SPF?

SPF significa sun protector factor. Pode ir desde SPF 2 a SPF 100 mas será que quanto maior o número maior a proteção?

Vários estudos afirmam que, na verdade, a diferença entre um SPF 30 e 50 é muito pequena. Um SPF 50 filtra cerca de 98% UVB enquanto que um SPF 20 filtra cerca de 95% UVB.

O que um protetor solar faz na realidade é limitar a quantidade de UVA e UVB que penetram a nossa pele. Daí a necessidade de o reaplicar várias vezes e usar protetor solar o ano inteiro uma vez que estamos expostos aos raios UV constantemente.

Com protetor solar a forma de perceber o tempo que podemos estar ao sol até voltarmos a aplicar é a seguinte: Minutos que a nossa pele leva a ficar queimada (sem proteção) x número de SPF = tempo máximo de exposição solar.

No entanto, o clima/situação em que nos encontramos pode fazer com que este número não seja preciso uma vez que se formos à água na praia ou estivermos a fazer uma atividade que cause muito suor no corpo, o protetor vai-se desgastando e saindo da pele fazendo com que seja necessário reaplicar mais cedo.

Lê também: COMO ESCOLHER O PROTETOR SOLAR?

protetor solar o ano inteiro
T-shirt “Love ya Self”

Mas se utilizarmos maquilhagem todo o ano com SPF não é a mesma coisa?

Hoje em dia já se vêem bastantes produtos com SPF nas composições, algo que a mim me agrada bastante. Desde bases com SPF 15 ou 20, a pós minerais, bálsamos labiais ou cremes faciais. Mas será que a quantidade que usamos desses produtos é suficiente para conseguirmos a proteção que estes dizem que dão?

Quando colocas protetor solar deves colocar uma quantidade generosa tanto no rosto como no corpo. Mas quando usamos maquilhagem a quantidade que utilizamos/aplicamos, de base por exemplo, não é a mesma que a do protetor.

Segundo a Fundação de Cancro de Pele (Skin Cancer Foundation) a quantidade de protetor solar que devemos aplicar em todo o nosso corpo (incluíndo o rosto) é um copo de shot. Menos que isso significa que não estamos a conseguir a proteção indicada na embalagem.

Mas quantos de nós usamos assim tanto protetor solar? E se não usamos metade do recomendado para conseguirmos a proteção indicada na embalagem, quanta maquilhagem teriamos que usar para a conseguir?

Aqui o problema não é que os produtos tenham SPF, eles têm nós é que não usamos quantidade suficiente para conseguir essa proteção. E por isso é muito importante o uso de um protetor solar o ano inteiro.

Quando devo aplicar o protetor solar na minha rotina?

Deves aplicar protetor solar depois de todos os teus cuidados de pele e antes de qualquer maquilhagem.

Ou seja, após a limpeza e hidratação (serúns, cremes hidratantes, óleos) e antes do primer e da base. Pode ajudar deixar o protetor solar ser absorvido/secar durante alguns minutos antes de aplicar a maquilhagem.

Se não usares maquilhagem, o protetor solar continua a ser o produto que vem depois de todos os cuidados de pele e deve ser o último produto que colocas.

protetor solar garnier ambre solaire, marykay, bioderma e nivea
Top Preto | Camisa vestido estampada

Que tipo de protetor solar devo usar?

Pele oleosa

Se tens pele mista a oleosa e especialmente quem tem acne devem procurar um protetor solar não comedogénico para que não obstrua os poros e irrite ainda mais a pele.

Pele sensível

Se tens pele sensível procura por protetores solares minerais com óxido de zinco e dióxido de titânio. Os protetores solares químicos são mais prováveis de causar irritação em peles sensíveis.

Protetores solares de amplo espectro

Os protetores de amplo espectro significam que protegem tanto dos raios UVB como dos UVA. Essa identificação é feita geralmente com um “+”. Quanto mais “+” existirem maior é a proteção contra os UVA sendo que um bom protetor deve ter três “+++”.

Esta idenfificação pode aparecer como SPF+++, PA+++, UVA+++ ou até referir-se ao PPD (Persistent Pigment Darkening).

Resistente ou muito resistente à água

Embora não existam protetores solares à prova de água, existem protetores com filtros que os tornam mais resistentes. Segundo a Fundação do Cancro de Pele estes podem ser mais resistentes por 40 ou 80 minutos. Estes filtros são importantes uma vez que também estamos expostos aos raios solares dentro de água.

Protetor solar o ano inteiro
Body preto

Deves aplicar o protetor solar o ano inteiro porque:

O protetor solar filtra a maioria dos raios solares e previne queimaduras, envelhecimento da pele e o cancro. O sol é um dos principais culpados de manchas na nossa pele e tem a capacidade de destruir o colagénio.

Para além disso, existem estudos que afirmam que os protetores solares também protegem a pele da luz azul dos aparelhos eletrónicos. Esta luz também acelera o envelhecimento da pele e uma vez que estamos em constante contacto com ela, o protetor solar é essencial.

Se durante o inverno um FPS 15 pode ser suficiente, durante o verão (ou os meses de mais calor e exposição solar) deve ser no mínimo um SPF de 30.

E lembra-te, deves reaplicar semple o protetor solar de 2 em 2 horas, mesmo que não estejas diretamente exposto ao sol. Bem como logo a seguir a nadar ou a alguma atividade em que houve suor.

Lê também: AS BASES COM PROTECÇÃO SOLAR FUNCIONAM?

Guarda este post no Pinterest para não te esqueceres

PROTETOR SOLAR O ANO INTEIRO PINTEREST

1 Comment

  1. Helena nunes 14 de Setembro, 2019

    Olá!
    Ainda a semana passada tive esta conversa com uma amiga. ela insistia que não era necessário usar todo o ano e que os protetores só nos deixam mais “brancas” e eu com a opinião contrária.
    O teu post está muito completo e esclarecedor, parabéns!
    Beijinhos

    https://theincompletediary.blogspot.com/
    https://www.facebook.com/theincompletediary

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.